História pessoal de úlcera péptica e de cirurgia

Ir em baixo

História pessoal de úlcera péptica e de cirurgia Empty História pessoal de úlcera péptica e de cirurgia

Mensagem por amaral bernardo em Seg 06 Maio 2019, 06:47

"Como codifico história pessoal de úlcera duodenal que complicou com perfuração e hemorragia?
 Como codifico história prévia de cirurgia gástrica por úlcera duodenal?
 Como codifico história prévia de hernioplastia inguinal?"

(Responde Fernando Lopes)
 
 
A ICD-10-CM não é uma panaceia. Há muitas situaçãoes que não têm codificação própria.
 
É possível codificar a história de úlcera péptica
History
- personal (of)
- - disease or disorder (of) Z87.898
- - - digestive system Z87.19
- - - - peptic ulcer disease Z87.11
 
Z87.11 Personal history of peptic ulcer disease
 
mas não é possível codificar que a úlcera perfurou ou que sangrou.
No entanto é muito pouco provável que uma úlcera péptica perfurada não tenha sido operada...
 
Existem códigos de história pessoal de algumas cirurgias mas não é o caso da cirurgia gástrica. 
Nos casos em que a cirurgia tenha sido de gastrectomia poderá codificar-se a ausência (parcial ou total) de estômago: 
Z90.3 Acquired absence of stomach [part of].
 
Se tivesse sido realizado um bypass (Bilroth II, por exemplo) seria aplicável:
Z98.0 Intestinal bypass and anastomosis status
 
Ou uma cirurgia bariátrica
Z98.84 Bariatric surgery status
 
E se, eventualmente, o internamento fosse para cuidados posteriores da cirurgia gástrica, seria aplicável
Z48.815 Encounter for surgical aftercare following surgery on the digestive system
 
Por fim haverá sempre a possibilidade de codificar a história de cirurgia, embora com um código que nada mais diz:
Z98.890 Other specified postprocedural states
 
 
Quanto à hernioplastia será aplicável o mesmo código Z98.890 mas, tratando-se de uma cirurgia com implantação de uma prótese na parede abdominal, poderá codificar-se um status de dispositivo implantado:
Z96.89 Presence of other specified functional implants
(embora seja discutível se uma rede implantada é um implante 'funcional').
 
Uma última palavra: códigos de história pessoal, códigos de status... serão úteis para explicar um quadro clínico mas nunca deverão fazer esquecer a codificação do que é realmente importante: o diagnóstico principal e os diagnósticos de comorbilidades e de complicações que foram objeto de tratamento.
amaral bernardo
amaral bernardo

Mensagens : 313
Data de inscrição : 19/12/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum