Esponja de vácuo no esofago

Ir em baixo

Esponja de vácuo no esofago

Mensagem por amaral bernardo em Qua 18 Jul 2018, 06:19

"Neste processo ultracomplexo de carcinoma do esófago, o doente teve deiscência da anastomose esófago-gástrica com fístula esofagopleural e cutânea.
Depois de a prótese esofágica ter migrado, ainda fizeram o seu reposicionamento, mas optaram por colocar uma endosponge de vácuo:

Esófago: Prótese previamente colocada migrada, com topo proximal aos 29cm dos incisivos, removida com auxílio de pinça de corpos estranhos.
Deiscência de anastomose aos 29cm dos incisivos, com cerca de 20mm de diâmetro. 
Entrada com endoscópio em loca, com comunicação com o mediastino, com extensão superior a 7cm.
Colocação de esponja de aspiração (Endo-sponge, com extensão a sonda nasogástrica) intra-loca, com auxílio de overtube

Como codificar?
Não é para dilatar, é para tamponar. Codifico insertion 0DH58 - Z. Que dispositivo D ou B (intraluminal, airway) ?"

Resposta de Fernando Lopes
 

É um penso de vácuo colocado internamente, para tamponar uma deiscência e drenar (por aspiração) o conteúdo da referida loca.
Penso haver lugar à codificação de insertion (para tamponamento da deiscência, com dispositivo intraluminal) mas também de drenagem do mediastino com device (extensão a sonda nasogástrica):
0DH58DZ Insertion of Intraluminal Device into Esophagus, Via Natural or Artificial Opening Endoscopic
0W9C40Z Drainage of Mediastinum with Drainage Device, Percutaneous Endoscopic Approach

No segundo código selecionei a abordagem mais aproximada. 
Como várias vezes se refere no Coding Clinic, quando não existe um determinado valor para um dos carateres numa tabela, utilizamos "the closest available equivalent".

Outras sugestões serão bem vindas


Fernando Lopes
avatar
amaral bernardo

Mensagens : 57
Data de inscrição : 19/12/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum