Procedimentos nas vias biliares e em urologia

Ir em baixo

Procedimentos nas vias biliares e em urologia

Mensagem por amaral bernardo em Seg 01 Out 2018, 06:38

"No sentido de uniformizarmos codificação, envio as seguintes questões: codificação de 
remoção de protese biliar, NPC, Cistostomia supra-púbica, colocação de JJ, remoção de JJ"


(Responde Fernando Lopes)
 
 
O meu entendimento, face aos procedimentos referidos, é o seguinte:

Remoção de prótese biliar
- a root operation é Removal (of device from); 
- a body part é Duct, Hepatobiliary; 
- o device é intraluminal (por não haver, na tabela 0FP, melhor especificação);
- se a abordagem for endoscópica (via alta) o código será
  0FPB8DZ Removal of Intraluminal Device from Hepatobiliary Duct, Via Natural or Artificial Opening Endoscopic
 
Nefrostomia percutânea (NPC)
- a root operation é Drainage (bypass aplica-se nas ureterostomias: ligação do ureter à pele);
- a body part é, habitualmente, o bacinete (Kidney Pelvis) onde se coleta a urina;
- o device é um 'Drainage Device' (nas definições 'includes Percutaneous nephrostomy catheter');
- se a abordagem for percutânea, sem endoscopia (mas com o auxílio de fluoroscopia), o código será
  0T9[3|4]30Z Drainage of [Right|Left] Kidney Pelvis with Drainage Device, Percutaneous Approach
 
Cistostomia suprapúbica
- a root operation é Drainage 
- a body part é a bexiga
- o device é um 'Drainage Device' 
- se a abordagem for percutânea, como é habitual, o código será 
  0T9B30Z Drainage of Bladder with Drainage Device, Percutaneous Approach
 
Colocação de JJ (duplo J)
- a root operation poderá ser Drainage (habitualmente em casos de hidronefrose)
  ou Dilation (em casos de litíase ureteral, estenose ou compressão extrínseca do ureter);
- nos casos de dúvida o urologista deverá ser capaz de dizer se pretende dilatar
  o ureter ou, simplesmente, permitir a drenagem da urina para o exterior;
- a body part é o bacinete (o duplo J ancora-se em cima no bacinete e, em baixo; na bexiga);
- o device é um 'Drainage Device' no caso de drenagem;  
- no caso da drenagem, se a abordagem for via uretra-bexiga-ureter, sem endoscopia 
  (mas com o auxílio de fluoroscopia), o código será
  0T9[3|4]70Z Drainage of [Right|Left] Kidney Pelvis with Drainage Device, Via Natural or Artificial Opening
- no caso da dilatação, em que o device passará a ser 'Intraluminal', o código poderá ser 
  0T7[6|7]7DZ Dilation of [Right|Left] Ureter with Intraluminal Device, Via Natural or Artificial Opening
- pode haver outras variações na posição da ponta do cateter (body part) ou na abordagem 
  (por exemplo, endoscópica, necessária para identificar e canular os meatos ureterais)
- pode discutir-se a codificação da 'colocação de duplo J' em determinadas cirurgias, quando este dispositivo
  for parte integrante do procedimento e funcionar apenas como um 'dreno', deixado temporariamente para vigiar 
  uma possível hemorragia ou para apoiar a cicatrização de uma anastomose ureteral... situações em que não 
  se codificaria o dreno.
  
Remoção de JJ
- a root operation é Removal (of device from);
- a body part (para um duplo J) seria o bacinete, mas, por limitações da tabela 0TP, é o rim;
  (poderia ser o ureter se fosse um mono J)
- o device será Drainage Device, no caso de 'drenagens', e Intraluminal no caso de 'dilatações';
- a abordagem será via orifício natural (uretra) endoscópica ou não; o relato deverá dizê-lo;
- por exemplo:
  0TP580Z Removal of Drainage Device from Kidney, Via Natural or Artificial Opening Endoscopic
 
Importa lembrar que é impossível construir cábulas com códigos previstos para cada procedimento.
O cirurgião tem de ser sensibilizado para registar o que faz (operation), em que local (body part) 
com que intenção (objective or purpose), por que via (approach), com que dispositivos (devices) e
outras informações que permitam a qualquer colega poder atuar, quando for chamado a ver o doente
ou quando o receber, depois da alta hospitalar, e ao médico codificador aplicar os códigos mais 
específicos e representativos do procedimento realizado.
 
Para quem não esteve na ação formativa de 15-09-2018 em Lisboa, envio, em anexo, a apresentação
de Urologia em que alguns destes temas foram abordados.
 
Estas posições podem ser questionáveis. 
Não deixem de as discutir e de assinalar qualquer incorência que encontrem
Obrigado
 
Fernando Lopes
avatar
amaral bernardo

Mensagens : 84
Data de inscrição : 19/12/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum